O que dizem os nossos parceiros

Município de Oeiras

“O Município de Oeiras aderiu ao projeto Kid on Top através de um workshop apresentado em 25 equipamentos de infância, num total de 1.600 crianças abrangidas. O feedback obtido por parte das crianças, educadoras e pais, não poderia ter sido melhor!

Um enorme sucesso para Oeiras. Uma parceria que é para continuar dado que este é um projeto que se enquadra na estratégia do Município de Oeiras. Ver mais. Uma estratégia que tem como objetivos principais a criação de estruturas de apoio à Família e à Infância e a implementação de projetos na área da segurança infantil. Neste âmbito estamos convictos que iremos reforçar e contribuir para o desenvolvimento saudável e sustentável das nossas crianças”

Colégio Senhora Boa Nova

“A Kid on Top há alguns anos que vem ao nosso Colégio, com dois programas “Brincar a Reanimar” para as crianças dos 5 anos e “Suporte Básico de Vida” para os alunos do 9.º ano. Hoje em dia o SBV está incluído nas aprendizagens da disciplina de Ciências Naturais do 3.º Ciclo, mas é uma responsabilidade para nós transmitirmos aos nossos alunos o conhecimento e as ferramentas necessárias para ajudarem a salvar uma vida em caso de emergência.

Obrigado à Joana Feu e a toda a equipa da Kid on Top pela forma simples e divertida com que  trazem temas importantes à vida de cada um de nós.”

Associação de Pais EB1 Ranholas

“O workshop “Brincar a Reanimar” é uma iniciativa muito boa e uma atividade muito enriquecedora, a que todas as crianças deveriam ter acesso na sua educação para a saúde. Recebemos um feedback bastante positivo por parte das crianças e consideramos que todos os momentos do workshop foram muito bem conseguidos. A enfermeira Joana transmitiu uma energia muito positiva e motivadora e demonstrou uma capacidade excelente de se adaptar às idades e características das crianças. 

A nossa escola agradece à Kid on Top pelo contributo na educação e no futuro das nossas crianças!”

IPSS "O Novo Mundo"

“A IPSS O NOSSO MUNDO agradece à Kidontop pelo esforço e dedicação que colocam diariamente no trabalho. Obrigado, equipa! Vocês são a prova de que o sucesso se alcança através de talento, determinação e trabalho duro.

Foi para nós um  enorme prazer  participar na vossa actividade e que tanto agradou aos mais pequenos e que ainda hoje falam do 112!!! A brincar também se aprende… Bem hajam !!! Parabéns!”

 

Grau de Prova - Centro de Estudos

“A vossa presença ainda hoje é comentada pelos nossos alunos. Eles lembram-vos com muito carinho.”

 

Externato nº4 da Educação Popular

“Foi muito interessante e divertido. As crianças e os adultos aprenderam, de uma forma lúdica, os conceitos básicos para salvar vidas.”

 

Núcleo de Instrução e Beneficência

“Criatividade. Competência. Profissionalismo. Afabilidade.” 

ATL Manuel Beça Múrias

“Kid on Top, espalharam sabedoria e sorrisos no nosso ATL”

 

IAVE - Instituto de Avaliação Educativa

“Tenho a registar a satisfação dos formandos em relação à sessão (…) pela qualidade da formação e pela capacidade de comunicação da formadora. Foi, de facto, uma sessão excelente.”

Escola do Arco

“Uma ação de formação muito interessante e que poderá fazer a diferença, em caso de necessidade.

Ministrado pela Kid on Top, o workshop “Brincar a Reanimar” introduz, sob forma de brincadeira, à temática do Suporte Básico de Vida.

Foi realmente uma grande mais valia!”

Centro Sagrada Família

“Foi realizado o tema BRINCAR e REANIMAR para as crianças do Pré escolar. O tema foi abordado de uma forma bastante lúdica e com linguagem adequada a crianças desta faixa etária. Foi interessante e pertinente. As crianças durante semanas falavam do 112 e cantavam a canção que lhes ensinaram. É uma atividade a repetir.”

Casa Pia de Lisboa

“A Kid on Top ajudou jovens do 6º ano e do 9ºano a aprender a salvar vidas na habitual feira da Saúde do Centro de Educação e Desenvolvimento Nossa Senhora da Conceição (Casa Pia de Lisboa). Sob o lema “Eles crescem nós ajudamos”, dinamizaram um workshop apelativo, dinâmico e didático sobre SBV. Foram top!”